Carregando...
JusBrasil - Notícias
20 de abril de 2014

Menor preso a poste é flagrado em novo roubo

O adolescente de 15 anos alvo de justiceiros no mês passado foi detido por policiais militares após roubar um turista em Copacabana

Publicado por Ulisses Leite - 1 mês atrás

LEIAM 36 NÃO LEIAM

Menor preso a poste flagrado em novo roubo

O adolescente de 15 anos que foi amarrado a um poste depois de ter sido espancado foi flagrado praticando roubos na zona sul no dia seguinte à sua saída do abrigo onde vivia temporariamente, noticiou ontem com exclusividade a rádio BandNews FM. Na quarta-feira, ele foi levado à Delegacia Especial de apoio ao Turista (DEAT) após ter sido preso por policiais militares ao tentar roubar um turista em Copacabana.

De acordo com o delegado Alexandre Braga, titular da DEAT, o menor foi conduzido em seguida à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

No dia 31 de janeiro, na avenida Rui Barbosa, no Flamengo, o adolescente foi preso a um poste por um grupo de justiceiros, que chegou ao local em motocicletas – um dos agressores estaria com uma pistola, na versão do jovem. O menor, que tem três passagens na polícia por roubo e furto, foi levado com lesões corporais para o hospital Souza Aguiar, no Centro, mas acabou fugindo da unidade. Na ocasião, fotos suas postadas em uma rede social causaram indignação. O jovem ficou preso a um poste com uma corrente de bicicleta. Na semana seguinte, ele foi até um abrigo municipal no Centro espontaneamente.

Força-tarefa

A ação conjunta entre a prefeitura do Rio e a PM (Polícia Militar) para coibir pequenos delitos na cidade registrou um aumento no número de moradores de rua recolhidos no Flamengo, Largo do Machado, Catete e Botafogo nos dois primeiros dias de atuação da força-tarefa.

No primeiro dia de ações, oito adultos e cinco adolescentes seguiram para a rede acolhedora do município. Já no segundo dia de trabalhos, 16 adultos e dois adolescentes foram acolhidos. Também foram apreendidos pela PM facas, pedras de crack, papelotes de cocaína e frascos com tíner. No programa, iniciado na terça, 250 pessoas trabalham durante as 24 horas do dia.

Fonte: http://noticias.band.uol.com.br/cidades/rio/noticia/100000665417/Menor-presoaposteeflagrado-em-n...

Ulisses Leite

Publicado por Ulisses Leite

"O direito não é filho do céu. É um produto cultural e histórico da evolução humana." Tobias Barreto ............................ email: ulissesleite@gmail.com Fones: 77 88725105 | 77 99991602 | 77 91126004

81 Comentários

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula.
Alex da Costa Mamed
19 votos

Eu gostaria muito de ler o comentário do senhor Luis Flávio Gomes sobre isso. Ele escreveu vários textos criticando a Rachel e nos taxando de criminosos e bandidos, por termos apoiado a fala dela. Pior foi o site ainda ter me censurado, ao argumento de que eu teria hostilizado o LFG, como se ele se achasse no direito de sair chamando os outros de bandidos e criminosos. vamos lá, senhor LFG. Qual sua opinião sobre a recalcitrância do moço em continuar a delinquir? Ficou com pena? Leve pra sua casa!

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Edson Augusto Guimarães
9 votos

Grande Alex, concordo plenamente com você. Lembre que no último parágrafo ainda fez graça, querendo adotar a Rachel. Deve ser algum sentimento reprimido... admiração talvez... valeu...

Lílian Pinho Dias
4 votos

O Luis Flávio e companhia critica porque não é cidadão de andar a pé pelas ruas. Eles não estão sujeitos a um sujeito desses, por isso falam o que falam. Venham sentir na pele o que nós, verdadeiros cidadãos brasileiros, passamos para ver se eles não mudam de opinião rapidinho.

Homero Sampaio Baitala de Oliveira
3 votos

Mui buenas as palavras colegas. Coaduno em número, gênero e grau.

William Almeida da Silva
2 votos

Pode ser que agora na terceira reincidência ele resolva ir lecionar a ética dos seus autores prediletos que ele citou ao menor negro vítima dos jovens burgueses opressores.

Renato Braz
18 votos

Cadê os caras que criticaram ativamente a Sheherazade? Adotem esse "pobre coitado"!

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Reinaldo Schumann
5 votos

E tem gente contra a redução da maioridade penal. Logo estaremos ouvindo que ele matou pelo menos um.
Este "jovem" não pode continuar a conviver em sociedade é preciso apartá-lo e qualificá-lo para este fim.
Corre iminente risco de morte.

Fernando Alves
2 votos

Kleiton Cassio da Silva, parabéns pelo comentário, e quanto à "distribuição de renda igualitária", minha renda mensal está sendo insuficiente para minha subsistência, onde eu passo para retirar parte da sua????

Fabio D'oliveira
9 votos

Parem pelo Amor de Deus de colocar a culpa no Estado...
Parem de se eximir das responsabilidades...
A culpa é SUA, isso mesmo...! VOCÊ quem dá poder ao "Estado"...escolhendo errado seus representantes, não cobrando o Legislativo, sendo conivente, estúpido e paciente com o Judiciário, é VOCÊ quem aceita de maneira totalmente passiva juízes, advogados, promotores, e outros do judiciário fazerem besteiras por incompetência ou até mesmo por outros motivos obscuros...

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Hugo Braz
10 votos

E o senhor, "Seu" Fabio o que está fazendo? Tem votado em nulo? Mora fora do país? Qual a sua proatividade contra as instituições por nós criadas e mantidas com votos?

Guilherme Negrão
3 votos

Hugo Braz, também não concordo com o Fabio.
Mas voto nulo É uma atitude proativa, e revela a insatisfação em relação aos candidatos e à situação política atual. Eu não voto em quem não confio.
Campanhas e mais campanhas, mas é sempre a mesma balela. Poucas pessoas de fato acompanham o que "seus" candidatos concretizam daquelas propostas realizadas
Exerço meu direito de democracia, e voto nulo sim!
O que você acha das pessoas que votam no candidato "menos pior", ou que nem mesmo conhecem as propostas?
Na última eleição presenciei uma senhora que fez "uni-duni-tê" com a lista de candidatos ao lado da urna de votação. Imagino quantas pessoas fazem a mesma coisa apenas para não votar nulo. Baita exercício da democracia, não é mesmo?!
É algo para pensar.

Abraço.

Ricardo Luiz Wan Dall
3 votos

Concordo com você. Mas substituo a palavra SUA por NOSSA. A culpa é de todos nós, como sociedade.

Vandir do Nascimento
3 votos

aos que acham que a população pode fazer alguma coisa, SEJA VOLUNTÁRIO... vista a camisa... participe...

Roger Tomaz March
2 votos

Dane-se, eu moro no Canada e não estou nem aí pra vocês.

Marcos Alberto Carletti
1 voto

Creio que quando vemos corrupção ficamos irados, irritados, pois colocamos a culpa no ESTADO... Oras o Estado é composto de administradores civis, isso mesmo... EU, VOCÊ, pessoas físicas.
Então que tal se começássemos a por ordem dentro de nossa própria casa?
Não vejo outra maneira de melhorar...
Esse menor tem recuperação? vamos analisar a família dele, os pais, os avós, os futuros filhos... É ISSO MESMO... se esse rapaz tiver um filho, este estará a passos largos para o caminho do pai, e assim por diante.
Como em famílias estruturadas as vezes um "sai errado", em famílias desestruturadas, as vezes sai "um certo". Sou a favor do controle de natalidade, inclusive obrigatório para delinquentes reincidentes.

William Almeida da Silva
1 voto

E tu o que estás fazendo para corroborar o que está a dizer? A culpa é minha como também é TUA!

Bruno Rodrigues

Olá Fábio!
Eu admiro pessoas como você, que falam o que pensam sem titubear.
Sugiro que você analise outros aspectos, como os coloniais, repressores, corruptos, sadistas... Analise quem esta no poder e quem está abaixo dele. A maioria do povo brasileiro trabalha para obter alimento e moradia, professores são desestimulados de todas as formas possíveis. Sugiro que contenha suas emoções e use sua força para analisar outros aspectos, pois creio que a maioria das pessoas sejam ovelhas, amedrontadas pelos lobos. Antes de tudo, entenda que nossas leis abrem brechas para proteger os covardes, pois a maioria da população ainda vive sob aspectos coloniais escravistas. Devemos usar as redes sociais para provocarmos melhorias e não conformismo. Acima de tudo, entenda que ainda não temos leis que penalize politicamente as promessas falseadas e compromissos não cumpridos. Forte abraço!

Ricardo Luiz Figueira Guedes Vasconcelos

A responsabilidade é nossa sim, mas que passa por diversas circunstâncias. Primeiro, temos uma forma de eleger nossos representantes bem complicada, pois se eu voto em X (que é honesto e competente), mas ele tiver menos votos que Y (desonesto e incompetente), os votos de X vão para Y. Logo, votei em Y sem saber.
Com relação aos Juízes e Promotores, estes não são escolhidos por nós, mas através de um concurso público. Ademais, para que seja assegurada a independência destes membros do Poder Público, estes são inamovíveis e não são exonerados, mas sim aposentados. Para a época em que o Brasil vivia, esta medida parecia acertada, mas hoje verifica-se que não é. Entretanto, a mudança exige uma nova Constituição, que sinceramente não vejo como correta, uma vez que nossos representantes atuais, ávidos por poder e dinheiro, retirariam várias medidas democráticas, aumentando consideravelmente o PODER do Presidente da República.
Portanto, o que nos resta fazer: exigir mudanças, principalmente quanto a forma de escolher nossos representantes do poder legislativo. Em segundo lugar, exigir mudanças quanto a escolha dos membros do Poder Judiciário. Em terceiro e último lugar, deixar de votar nos chefes do Poder Executivo, que não tenham uma vida pregressa ilibada. Assim, voltaremos a ter um país organizado e pronto a atender nossas necessidades.

Alan Barbosa

Nada a ver esse assunto de o culpado é o eleitor. Ninguém tem culpa do Sistema ser assim, e se houvesse apenas Justos entre nós?! Até assim vocês iriam reclamar.

Josias Roberto Fernandes de Andrade

Fábio, Hugo, Guilherme, votar nulo vai ajudar em que? se vocês se omitirem estarão dando mais chances para o povão eleger os corruptos. Garimpem nas listas, encontrarão candidatos honestos.
Roger, se mora no Canadá, provavelmente clandestinamente, e acha que devemos nos danar, para que se manifestar. Deixe que vivamos sozinhos nosso calvário.

Homero Sampaio Baitala de Oliveira

Interessante as colocações, mas quem só joga a pedra como vocês devem se candidatar ao legislativo para ao menos fazer a sua parte então, já que generalizam todos os representantes como incompetentes e tal...
Candidatem-se e aí quero ver o que farão no Congresso.
Deixo claro que não estou defendendo ninguém, mas em todo ser humano tem algo bom e então, em que pese seja a maioria suja, não generalizemos toda a classe, pois certamente há pessoa comprometidas e batalhadoras pelos nossos interesses no Poder.

Guilherme Negrão

Josias Roberto Fernandes de Andrade, mantenho meu discurso pelos próprios fundamentos apresentados.
No caso de deputados e vereadores até concordo que tenha gente honesta e com vontade de trabalho. Mas temos que levar em consideração que existem um zilhão deles, e achar um ou outro é possível. E até entendo que já é um começo.
No entanto, e pra prefeito, governador, presidente? Dos poucos candidatos, quais nós realmente podemos confiar? (Independente de partidos) Nós temos que nivelar por cima.
Além disso, é um voto como qualquer outro. É meu direito. Alguns votam naqueles em quem acreditam, outros votam no "menos pior" ou no "cara e coroa". Eu não voto (ponto).

Marcio Chessa

Os governos, federal, estadual e municipal, são como uma locomotiva.......não importa quem esteja sentado nas poltronas......o destino já esta definido..........alguns fazem pouco, outros fazem menos ainda, mas sempre estão dando algumas migalhas ao povo (engana trouxa) para poderem manipular a massa....até o cachorro pra ser adestrado, você tem que dar uns biscoitinhos pra ele.....depois ele acostuma te obedecer, nem dos biscoitinhos você precisa mais

Gustavo Pazuch
5 votos

E ainda criticam as opiniões do Deputado Jair Bolsonaro: direitos humanos para humanos direitos!!! Até esse cara atingir os 18 anos, vai dar muito trabalho pra população, e quem paga por isso somos nós, afinal, como eles mesmos dizem: "não vai dar nada!"

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Homero Sampaio Baitala de Oliveira

Perfeitamente. Gostaria do Borsonaro como Presidente da República ou ao menos Senador.
Pessoas como ele estam fazendo falta no comando da Nação.

Joaquim Junior
5 votos

Colegas, sejamos francos um com os outros sem demagogia.

Querem a solução IMEDIATA sem custo (material e irrelevante) ? - Pena de morte.

Querem a solução à médio/longo prazo ? - Educação de BASE.

Meios de alcançar ? - Mudança constitucional e reforma política.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Marcelo de Melo Passos
1 voto

Perfeito Joaquim. Assino embaixo.

Joal Ferreira
4 votos

Futuros Colegas!

De um lado temos a população que fica a merce dos vândalos (permitindo uma ação de insatisfação- *linchamento) e do outro me permito fazer a seguinte análise, temos um vândalo que também faz parte da população tendo como resultado roubos reincidentes. Fica evidente (talvez) a omissão do Estado no quesito Segurança Pública e nos Problemas Sociais, note que a situação em que esse jovem foi exposto no dia 31 de Janeiro (amarrado, espancado) certamente seria uma lição para não cometer outros furtos, ainda assim torna a cometê-los.

Me faço a seguinte pergunta?
- Este jovem (ou estes jovens) tem educação, emprego, ou melhor, há o que comer em suas mesas?

Sabe o que eu vejo? Omissão por parte do Estado em tudo, sendo que este é responsável pelo povo que o compõe, caso contrário voltemos ao homo homini lupus, voltemos ao Robin Wood e a tantos outros... Certamente que se o Leviathan não abrir os olhos, esses linchamentos serão somente os primeiros de muitos que virão!

Não instigo nenhum dos feitos (linchamento - furtos), mas fica evidente o que esta por vir...ainda há tempo para medidas serem tomadas!!!

*linchamento- mesmo ilegal, o povo sem mais ter a quem recorrer acaba por fazer justiça com as próprias mãos!

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Dalila Rodrigues Prates
1 voto

ao contrario do que disse: "note que a situação em que esse jovem foi exposto no dia 31 de Janeiro (amarrado, espancado) certamente seria uma lição para não cometer outros furtos, ainda assim torna a cometê-los."

É obvio que combater violencia com violencia não tem resultado. Basta ver o indice de reincidencia. Isso ja seria motivo suficiente pra ver que a vingança publica (pela pena) ou privada NÃO RESOLVE, somente faz com que cada vez mais regressemos à barbárie.

A pena, a prisão não funcionam! Isso é fato.
Somente uma completa reversão dos valores da sociedade, distribuição de saude, educação, trabalho, oportunidades de vida iguais ou pelo menos dignas a todos, resolveria, num mundo ideal... mas isso NUNCA vai acontecer, afinal, não interessa ao capitalismo, que necessita de alguns milhoes de miseraveis para manter o sistema capitalista vivo.

Rafael Lins
4 votos

As Polícias, do Brasil com um todo realizam um papel de 'enxugar gelo', comparação que faz menção ao imediato retorno as ruas dos meliantes que são apreendidos, enquanto não houver uma política mais rigorosa para essa situação, ela se perpetuará, sendo altamente nociva para todos, inclusive para a classe política

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Agnaldo Diogo dos Santos
4 votos

eheheheheh... e quem amarrou era o ruim... pois é... o povo fala bobagem e depois tem que engolir...

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
A. Pascale
3 votos

Esse ai agora é o popular dos menores infratores! O problema vai ser quando alguém colocar uma arma na mão dele !

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Rafael Knoll

Só que isso ninguém entende!

Agnaldo Diogo dos Santos

tem que colocar uma arma na cabeça... aí acabaram os problemas...

Ayla Barbosa
3 votos

Ele apanhou pouco! Eu nem comentei o outro post relacionado a isso, onde julgaram o que a Rachel falou, mas a realidade é que ela não estava errada. E quem achou ruim, já pode levar pra casa! Esse infratorzinho, logo estará solto de novo dando mais trabalho e rindo da cara de quem o "prendeu".

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Eduardo Ferreira
2 votos

concordo com você Ayla, dou todo o meu apoio a Rachel, estava correta, esses juristas, esses filósofos do direito que não fazem nada para mudar essa realidade, a não ser criticar e condenar quem fala algo a respeito desses criminosos, é fácil, é só levarem esses menores em conflito com a justiça para as casinhas deles.

Mario Veloso

Ayla boa tarde!
cão que late diz o ditado que não morde !!!!
em muitos casos; só há uma solução: morder sem latir !!!!
o que prejudica é a publicidade, na calada as coisas fluem melhores !!!!
Remédio para o mal existe !!!
basta aplicar e seguir a receita à risca.
Darei minha mão à palmatória se não alcançarmos a cura em curto espaço de tempo.

Bianca Belo
2 votos

Os menores são o futuro do Brasil, do jeito que esta o Brasil nunca vai para frente. Políticos corruptos, apoiam os menores infratores.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Gabriela Freitas
2 votos

Aos desinformados,juízes,advogados e promotores não são incompetentes,apenas aplicam a Lei.E esse menor continuará no crime e quem não estiver satisfeito,sugiro que mude de país,pois aqui não tem mais jeito...
Enquanto o Estado não investir em educação e controle de natalidade a tendência é piorar,daqui alguns anos esse marginal terá uns 5 filhos soltos fazendo o mesmo que ele.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Taylini Rosa
2 votos

Pois então neh?! E enquanto isso acontece, votam por não diminuir a idade penal sob argumento de superlotar as cadeias - o que já estão lotadas.
Fica a seguinte questão:
Não prender quem deve ser preso, por não ter espaços físicos que comporte, ou deixar de lavar dinheiro público para ajustar este sistema penitenciário que há muito tempo precisa ser recomposto e prender quem faz por onde?
É uma grande questão, senhores políticos.....!
Faço aqui uma ligação com a opinião do colega abaixo:
Em quem ESTAMOS votando? No que ESTAMOS transformando o nosso país?

Sim, TODOS NÓS temos contribuído para a situação atual em que o Brasil se encontra......!

O "jeitinho" brasileiro não nasceu hoje e nem ontem....!

"Pior que tá, não fica" - Diz um dos políticos que O BRASIL ELEGEU.
Alguém tem dúvidas que o país só piorou?

A culpa não é de quem tem o poder, é culpa é de quem DÁ O PODER.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Alberto Nascimento
1 voto

Onde fica a culpa exclusiva do Estado nesta questão? Não temos menores infratores e indigentes também nos países ditos de 1º Mundo? Acredito que o Poder Público e o Estado Brasileiro, hoje, dão motivos as críticas e imputações acerca de sua falta de competência. De fato. Só não acredito que tal culpa seja exclusiva. É ela (culpa) de toda uma sociedade, seja a mais carente ou a melhor provida de renda e benefícios, que ostenta o pouco com muita sovinice, e que se contenta com “rolezinhos”, pois agora podem comprar “marcas caras” pirateadas e falsificadas, o que torna o jovem mais “incluído” em seu mundo de falso consumo e ostentação. Não acho que o Estado sozinho possa resolver todas as questões. Cada dia, mais pessoas aderem a seu próprio egoísmo e, no momento que a conta vem, não se incomodam em destinar a culpa a quem tem maior parcela nas obrigações (Estado). Não é mesmo? Creio que a estrutura de valores construído no “eu brasileiro” é a maior culpada diante de tamanha desigualdade e desequilíbrio social. Nunca presenciei uma situação tão ambígua como a das tantas pessoas que acompanham o caso do “garoto do poste”. Já foi chamado de bandido, negro, injustiçado, desprovido, marginalizado, de vítima, de exemplo de descaso público, de tantas coisas quantas se pode imaginar. Mas nunca este garoto foi ouvido de fato. O que se sabe é o que a polícia falou, fugido de um hospital e da casa de cuidados a qual tentou se refugiar. Com medo, por um tempo. Tantas são as afirmações, mas, o que mais me entristece, é a demagogia com que os pseudointelectuais deste canal de informações e rede social tratam do assunto, sem demonstrar moverem uma única palha para melhoria alguma deste país. Reclamar é fácil, quero ver fazer ou construir algo concreto, ao contrário de proferir bravatas gratuitas e factoides políticos travestidos de indignação social. A pergunta é: A culpa é somente do Estado?

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Paulo Akxyll
1 voto

E ainda dizem que a maioridade penal não deve mudar... #atéquando

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Carlos Alberto Nobre

Sr. Paulo, não há necessidade de se referir sempre à questão de maioridade penal, deixa isto de lado, para se julgar um criminoso ou tratá-lo como tal, não é necessário que este seja MAIORIDADE. Simplesmente tem que se aplicar a Lei contra os criminosos seja lá qual for a sua idade, vamos acabar com esta estória de maior idade penal, criminoso é criminoso, é bandido, quem pratica crime de adulto tem e deve pagar como adulto.....deixa esta questão de maioridade de fora, temos que aplicar as penas pelo crime, as mudanças têm que acontecer, se não for agora, vai ser mais tarde mas vai ter que acontecer.....Tolerância Zero, vamos deixar a polícia em paz para poder agir, perseguir policiais não nos leva a nada mais do que isto que estamos vendo,vamos prender estes criminosos, só assim eles irão aprender a serem homens de bem junto à nossa sociedade.

Márcio Mirandela dos Santos
1 voto

Bolsonaro neles !!

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Agnaldo Diogo dos Santos

Quem diria que um dia eu concordaria com o Bolsonaro... mas tenho ouvido algumas coisas dele que - até - tem lógica...

Ana Lucia Gadioli
1 voto

Apenas gostaria de saber onde está a família desse "jovem"? Até quando a sociedade terá que pagar pelas inconsequências dos pais e da família, para mim os maiores responsáveis pelo "menor" delinquente.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Alexandre Silva
1 voto

Só vou comentar depois que ele matar alguém, praticar latrocíneo(s) ou deixar sequelas irreversíveis em suas vítimas.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Roberto Lopes Larson
1 voto

Sr. Luiz Flávio Gomes, a situação ficou desconfortável para o senhor. Agora o que vem por aí?
Raquel Sheherazade, que felicidade nos seus comentários, passei a ser seu fã. Preciso ler mais matérias elaboradas por você.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Anderson Born
1 voto

Não adianta amarrar, tem que por fim de uma vez!
Ai sim, duvidei ele roubar de novo!!!

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
A. Pascale

Nos países escandinavos o estado pegaria essa criança e levaria para um abrigo com apoio de psicólogos, psiquiatras, médicos a disposição para verificar qual é o problema do menor, verificam qual o problema da família e se necessário assumiria a custodia dele ou da família inteira, dariam moradia, estudo e dinheiro a cada 15 dias, acompanhamento psicológico até os 18 ou 21 anos e pelos anos que fossem necessários. Parece mentira, mas não é, e se analisarmos bem, todas essas ações são para ressocializar o menor e no final toda a sociedade sai ganhando com isso. Alguém acha que isso seria possível com a atual politica do nosso País ? Enquanto isso eu repito que hoje ele é somente o menor infrator mais popular do momento! veremos como ele chega aos 18 !
(Na Dinamarca que eu conheci os salários médios giram em torno de 2 mil usd e 50% são impostos, a diferença é que lá funciona )

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Vandir do Nascimento

Fabio D´oliveira

que tal fazer alguma coisa para ajudar?
seja VOLUNTÁRIO.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Moises Bartoli

Não concordo com o Sr. Fabio D'oliveira, pois tenho plena convicção que votei correto, e tenho cobrado corretamente os meus direitos, o que acredito que a maioria que esta lendo este comentário/Noticia também fez.
O problema, é que depois que Eles assumem, fazem o que querem, seja Bom ou Ruim, e não conseguimos impedir a não ser não repetindo o mesmo Voto. Também não dá para sair sozinho e ir lá cobrar os Caras, o negócio e continuar a Protestar, analisar cada vez mais a fundo a competência dos Políticos removendo os que não colaboram com o Povo e um dia (espero ainda ter vida pra ver) deixar os melhores para o Povo.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Marcos um Cidadão Inconformado

A pergunta é? porque a resistência em reduzir a maioridade penal? Já está mais do que provado que os menores com tendencias criminosas perderam totalmente o medo e o respeito à sociedade. Sabem que pouco ou nada lhes acontecerá e que ao completar 18 anos. Nada restará para onerar sua ficha policial.
De quem é a culpa?
Porque as manifestações não fazem mira em alvos positivos para o bem estar da sociedade?
Porque em um pais em que mais de 60% da população não tem moradia própria e gasta de 25 a 35% em aluguel ( NÃO PODE DEDUZIR DO IMPOSTO DE RENDA).
Pais sem invstimento real e massivo em educação e saúde, gera povo dependente de esmolas governamentais , que lhe são oferecidos com seu próprio dinheiro pago com impostos na margem 47%, um dos maiores do mundo.
VERGONHA... e pena.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Pek Cop

Está aí para quem gosta de defender quem não presta, agora pq não adotam e levam para casa, os senadores que devemos excluir nas eleições: Angela Portela...Aníbal Diniz...Antônio Carlos Valadares...Eduardo Braga...Eduardo suplicy...gleisi hofmann...Inácio arruda...José Pimentel...Lúcia Vânia...randolfe Rodrigues...Roberto requeijão.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Francisco Clauber Teles de Souza

Estou com vc, já mudei o voto para senador...

Marcio Ac

Tudo Petralha filho. Tá no DNA deles defender bandido.

Cleuce da Silva Cham

Tem que reduzir a maioridade penal no Brasil para 14 (quatorze) anos. Dessa, esses marginais que, na hora do roubar e matar agem como adultos, mas na hora de responder pelos atos são menores, iriam cumprir uma pena justa. E tem mais, sem direito de ter benefícios. Cumprir a pena na íntegra e com trabalho obrigatório (bater massa, cimento, colocar esses marginais para trabalhar. Ainda têm gente que falou mal da Raquel (Jornalista do SBT) por ela se referir a esse sujeito como marginalzinho. O cara não vale nada mesmo. Fica roubando quem pagas os impostos e as contas em dia. Quero ver quando um marginal desses matar, roubar ou estuprar alguém desses que defendem DIREITOS HUMANOS, se vão manter o mesmo discurso de DIREITOS HUMANOS.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Moyses David do Vale Ezequiel
1 voto

fala em pena de morte, para um povo semi analfabeto, fala se me democra
cia para um povo analfabeto politico, fala se em civilizar o ser humano, para um povo semi- bárbaro. o que precisamos é de um punho forte para fazer as mudanças necessárias, no legislativo, Judiciário e no Executivo, mas quem se habilita.

Sandra Lyrio

Parece que não está havendo entendimento por parte dos representantes eleitos pelo povo. O Senado ao rejeitar a redução de 18 para 16 não atendeu ao clamor da população. Se não existem cadeias suficientes, e esse é o motivo principal da pressão do governo para tal mudança não ser aprovada, não deviam construir mega estádios, não deviam perdoar dívidas de mais de vinte republiquetas, como Cuba e outras. É preciso mudar, mas como coibir as e punir um governo que usa seus recursos públicos indevidamente e insensatamente? Não cabe um impeachment?

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Alan Barbosa

Esse é um ser insignificante. Não podemos fazer e nem polícia pode, estamos entregue a própria sorte. Que Deus faça justiça!

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Marcio Ac

Cadê o LFG pra defender ele agora ??

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Dayse Quevedo

Gostaria de ter uma opinião formada sobre isso, qualquer que fosse, a favor ou contra...
A verdade é que não é fácil, sou advogada e acredito que qualquer pessoa merece ter um julgamento justo e dentro da lei, mas antes de ser advogada sou mãe...se uma pessoa fizesse qualquer coisa com minhas filhas e se eu tivesse oportunidade de "pegar" o criminoso, mataria o cara a mordidas!

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
João Alves

Também pudera, os nossos já conhecidos críticos de plantão não querem seguir o excelente conselho dado pela nossa única e corajosa rainha da imprensa Rachel Sheherazade de adotar um bandido !!! Se já o tivessem adotado, sem perderem tempo tentando aparecer criticando a jornalista, certamente ele não teria cometido mais este delito.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Mauricio Alves

Coitado do rapaz,gente boa! Esqueceram de pendurá-lo pelo pescoço, naquele poste.
A sociedade deve restaurar sua liberdade, seu patrimônio, sua dignidade, sua polícia, sua justiça, seus (dos outros) parlamentares, seus ministros, em fim, reverter essa bagunça extipar essa necrose, que contaminou uma parecela da América Latina. Aliás, como a história se repete, comemora-se MEIO SÉCULO da gloriosa "Marcha das Panelas", quando as mulheres retiraram os soldados dos quartéis... Oxalá ressucitem esse bravos PATRIOTAS (não esse que mama no Erário).

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Mauricio Alves

Quem consolou-o?
Pregue-o numa cruz visível à léguas de distância...

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Celso Jose Monteiro Filho

Entrega para a Sherazade ou prende ela já que é dela a responsabilidade sobre ele.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Homero Sampaio Baitala de Oliveira

Viva os Direitos Humanos para cidadãos desta espécie!!!?!?!?!?!?
O que querem ver mais para reduzir a maioridade penal e ampliar a aplicação da pena de morte.
Emenda Constitucional urgente.... vamos mudar enquanto há tempo.
Investimento nas Forças Armadas urgente, pois que é melhor uma Ditadura do que o domínio de facções organizadas do crime.
Brasil, vamos agir, Congresso.....Socorro...é o que diz o povo Brasileiro.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Davilson de Souza Azevedo

Onde estão os seus defensores agora? Aqueles que foram contra a Raquel Sheherazade, não vão se manifestar agora? Se aqueles que defenderam este menor infrator fossem assaltados e baleados por este mesmo menor, tenho certeza que mudariam rapidamente de opinião. Quando o problema está na casa do vizinho simplesmente viramos as costas e deixamos o problema para lá. Mas quando começa a nos preocupar ou no acuar começamos a reagir identicamente como os demais humanos.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Joao Carlos Peixoto

Não precisamos esperar muito para acabar com a DEMAGOGIA dos falsos "intelectuais" e oportunistas de plantão...
A sociedade precisa manifestar-se, demonstrar a essa "gente" que o tempo dos bobos teleguiados ACABOU!!!
Abraço a todos...

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Célio Prado

A culpa é da fascista, direitista, conservadora Rachel Sheherazade, que fica acobertando e incitando o crime e a violência, não é?

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Felipe Derrico

Quando um criminoso é solto sem se arrepender e pegar sua punição, o estado está condenando toda a sociedade.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Michel Henrique Martins

Cadê o Ilustríssimo jurista Luis Flávio Gomes (LFG)? Agora é o momento de ele pegar esse menor adotá-lo, levando-o para sua casa já que tem tanto dó de ladrão. Nada mais justo não é mesmo?

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Silva Silva

Aí, está a resposta para o Jurista que criticou a Jornalista do SBT, não estamos aqui para defender o crime, e nem jogar na cadeia os inocentes, foi rejeitada a proposta de redução da maioridade penal, esse jovem foi noticiado pelo Brasil inteiro e, agora comete novamente outro crime, que poderia ser muito pior, mas já que a proposta foi rejeitada, porque, esse jovem não foi assessorado pelo governo, ou algum órgão competente, não, simplesmente estava na rua para destruir novamente que passa-se pelo seu caminho, isso num curtíssimo prazo, o que quer dizer tudo isso, que o governo não está nem aí para a população, se o governo tivesse interesse maior no caso, com certeza esse jovem não estaria cometendo crime novamente, ninguém fez nada, exatamente nada, e o jovem pratica aquilo que mais sabe, que é o crime mas, estamos diante de um grande evento, e o jovem é um jovem e, quem sabe delinquente, quantas vidas será necessárias para chamar a atenção do governo maior para que se faça algo a respeito, quem de fato está algemado é o povo, o jovem é fruto da falta de bom senso e, isso não vai mudar, que é pior, o que o governo está fazendo é se preocupar com as manifestações que terá durante o evento e taxar como terrorista os que assim fazer, querendo tirar o direito de manifestação do povo, para poder preservar um evento, vão jogar muita gente na cadeia por estar indignado com isso tudo, e com essa atitude D. Dilma e Lula pode decretar a falência do partido com toda certeza, porque, quem começou isso, foi o Sr. Lula que deu um sim em hora não apropriada, estávamos recuperando o folego financeiro e vem esse,! fazer uma limpa em nosso cofres, somos um País emergente, não temos ainda uma estrutura sólida como querem mostrar os órgãos do governo, qualquer tempestade financeira o País corre o risco de quebrar e, com isso trazer o caos para o povo, o FMI fez um levantamento sobre isso e, mostra os indicadores em uma crise mundial, o que pode acontecer com o Brasil e, governo fica querendo enganar a quem, que estamos com uma economia sólida, blindada de qualquer crise, isso é uma metáfora, por que ficamos preocupado com a gastança com o nosso dinheiro publico, tínhamos coisas mais importantes para investir em nosso País e, estamos jogando o nosso dinheiro no esgoto, e não querem que faça nenhum movimento contra tudo isso e ainda querem tratar como terrorista o povo, esse governo é uma piada de mal gosto....Acorda....Brasil...

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Oseias Souza

Lamentável. Faço minhas as palavras do compositor que ouvi um dia desses "Eu fico cansado de ver a maldade no meio da rua. Aqueles que ganham a vida daqueles que perdem as suas. É gente que quer o mal pra gente que faz o bem. É gente de dignidade que vive com medo de quem não tem. Diziam que eram coitados, amordaçados pela censura. Agora, desfilam nas bancas e imprimem a própria ditadura..." (Banda resgate - Poesia e Música - link http://letras.mus.br/resgate/1693398/

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Erval de Almeida

Com certeza esse menor é um dos muitos sem formação cerebral, pelo que ouvi os médicos especialistas dizerem, não teve uma nutrição adquada na infância; ele já é ruim da idéia, juntou também a falta de escola, e aqui no Município (RJ) há oferta, e a origem deve ser a falta da família, deve ser uma mãe solteira, que não procurou fazer esta providência. Agora, não penso que matar vai ajudar a sociedade. Por menos não andou queimando pessoas como os de SP! Tomara que ele reverte essa marca. Uma ONG deveria cuidar dele como fez com o motorista do veículo que arrastou uma criança pelas ruas da zona norte.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Edvaldo Sacramento

Gostaria de ver outras opiniões estúpidas de certos juristas que tem por ai.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Lílian Pinho Dias

Tem que castrar/esterilizar os pais de uma "pessoa" dessas. Não há psicologia que resolva. Só mandando mesmo para o "mármore do inferno".

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Sergio de Souza

A questão vai muito além de tudo que está sendo discutido aqui. Penso, salvo melhor julgamento, que a origem de tudo que vemos de errado em nosso país tem raízes em nossos colonizadores. Fato é que nossa pátria foi colonizada pela escória da Europa. Que por sinal, nos tempos da colonização do Brasil, passava por maus bocados na Europa, por conta da guerra e de crise financeira. Assim, encontraram no Brasil a solução para seus problemas. E o que trouxeram consigo? Apenas o apetite voraz, a ganância e a facilidade em corromper os povos nativos com "presentinhos". De fato, este espírito corrupto e puramente extrativista esta arraigado em nossa sociedade. Uma mudança cultural se faz necessária, mas acredito que isto seja uma questão para os próximos séculos.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar
Rogelio Mick

Enquanto isso a justica brasileira manteve um inocente preso por 16 dias. Isso é justica ou injustica.

1 mês atrás Responder Reportar
Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula. Cancelar

ou

Disponível em: http://ulissesleite.jusbrasil.com.br/noticias/113653910/menor-preso-a-poste-e-flagrado-em-novo-roubo